Terça-feira, 26.07.11

O que os algarvios comem (IX) - Guisado de Galo Caseiro (à moda de Querença)

 

 

Bom dia caros visitantes do "Marafações de uma Louletana".

 

Hoje trago-vos um prato tipico do interior algarvio: Galo guisado com batatas.

 

Ingredientes:

 

1 Galo com 5 Kg aprox.

3 Kg de Batatas

750 grs. de Cebola

250 grs. de Toucinho de porco preto

1,5 dl de Vinho tinto caseiro

10 Cabeças de cravinho inteiro

5 Raminhos de salsa

3 Colheres de azeite

2 Tomates médios

2 Cabeças de alho

2 Folhas de louro

2 Malaguetas

Um pouco de noz-moscada

Sangue do galo misturado com 3 colheres de água e 3 colheres de vinagre

Pimentão-doce q.b.

Sal q.b.

 

Preparação:

 

Corta-se o galo aos bocados e põe-se de conserva no vinho caseiro cerca de 1 hora. Misturam-se na conserva 1 cabeça de alhos descascados e cortados aos bocados, louro, cominhos, noz-moscada, 1 carteira pequena de pimentão-doce, cabeças de cravinho, malaguetas e sal.

Num tacho de barro faz-se um frito com o toucinho, deixando-se fritar bem, retirando-o depois. Junta-se o azeite e a outra cabeça de alhos, a cebola, o resto do pimentão-doce e a salsa e deixa-se aloirar tudo muito bem. Depois junta-se o galo, dando-se voltas para o misturar com o preparado. Começa a criar água. Quando esta tiver evaporado, para não queimar, vai-se adicionando, aos poucos, mais água, até o galo estar cozido.

Quando a carne começar a desligar-se do osso da perna, põem-se as batatas, cobrindo-as com água. Deixa-se cozer tudo lentamente. Depois de cozido adiciona-se o sangue do galo mexendo suavemente.

 

Nota:

 

1. O galo deve ser mesmo caseiro. É de comer e chorar por mais!

 

Rabiscado por Lígia Laginha às 09:34 link do post | Comentar | Marafações predilectas

A Praia de Vale do Lobo

 

 

Bom dia caros visitantes do "Marafações de uma Louletana".

 

Em plena época balnear hoje vamos até à praia de Vale do Lobo.

 

A Praia de Vale do Lobo, internacionalmente conhecida, possui como imagem de marca as arribas ocres e rubras, macias e vulneráveis ao contacto das águas, que lhe confere uma beleza acrescida. É uma praia envolvida pelo complexo turístico de alta qualidade com reflexos directos no seu uso balnear. O turista tem ao dispor uma vasta oferta de serviços e facilidades, como bares, esplanadas, instalações sanitárias (incluindo deficientes) e estacionamento ordenado na periferia. A zona balnear é vigiada e tem concessão de toldos e desportos náuticos motorizados. Na área de Vale do Lobo, realizam-se periodicamente muitos eventos musicais e de arte. A prática desportiva, é encabeçada pelo golfe e pelo ténis, existindo também a possibilidade de realizar agradáveis passeios por entre pinhais e espaços ajardinados bem cuidados.

 

Nota:

 

É muito importante respeitar as distâncias de segurança na crista e na base das arribas.

 

Rabiscado por Lígia Laginha às 07:43 link do post | Comentar | Marafações predilectas

pesquisar

 

Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
30

últimos comentários

  • Bom dia ou boa tarde eu fiquei curiosa de saber o ...
  • As conquilhas não se metem em água com sal, metem-...
  • Está tudo bem explicado ,mas faltou falar de um as...
  • Ora andava na net a pesquisar uma receita das noss...
  • Muito boa tarde.Gosto muito do seu trabalho.Hoje e...
  • Parabéns pelo artigo...Foi editado em 2010 pela Câ...
  • olá viva,adoro a alcofa redonda. Será k posso ter ...
  • Um dos meus bisavôs teve uma dessas indústrias de ...
  • Tão lindo, tudo caiado, branquinho ! Pena que est...
  • Cara Lígia,Tomei a liberdade de utilizar esta sua ...

As marafações passadas de validade