Flora Louletana (IV) - o carrasco

 

Bom dia caros visitantes do "Marafações de uma Louletana".

 

Hoje falamos de carrascos:

 

O carrasco é uma planta frequentemente encontrada no interior algarvio. Pertence à família das faias, na qual se inserem outras plantas como o sobreiro, a azinheira e o castanheiro.

O carrasco só excepcionalmente atinge grande porte, não passando habitualmente de um arbusto com 11,5 metros de altura.

A sua folha apresenta as duas faces de cor verde brilhante e sem pêlos. As flores surgem na Primavera e só têm um sexo. As masculinas vêm em espigas amareladas, as femininas crescem solitárias ou em pequenos grupos na extremidade dos ramos. Estas últimas, após a fertilização, transformam-se em frutos, as conhecidas bolotas, que se mantêm verdes durante muito tempo e só amadurecem no Verão ou no Outono seguintes.

Durante numerosos anos o carrasco foi usado para alimentar os fornos a cal existentes em todo o Barrocal Algarvio.

Os carrascais têm a vantagem de proteger o solo contra a erosão provocada pelas águas da chuva, dando igualmente abrigo a muitas aves e outras espécies da fauna selvagem. 

 

Rabiscado por Lígia Laginha às 06:33 link do post | Comentar | Marafações predilectas