Horizontes do Futuro com Adelino Gomes

 

 

 

Bem-vindos caros visitantes do "Marafações de uma Louletana".

 

Hoje o post colocado pela marafada Louletana visa apenas fazer uma chamada de atenção para o próximo "Horizontes do Futuro", inciativa levada a cabo pela Câmara Municipal de Loulé que tem trazido à nossa santa terrinha nomes como Simone de Oliveira, Santana Castilho, João Cravinho, entre outros. O próximo convidado é Adelino Gomes, jornalista conceituado que foi testemunha dos acontecimentos do 25 de Abril de 1974 e vem até Loulé falar-nos um pouco sobre isso.

A conferência "25 de Abril: o testemunho de um repórter" irá ter lugar este sábado, 23 de Abril, pelas 16h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Loulé. Adelino Gomes "evocará as suas experiências, de microfone na mão, durante os acontecimentos revolucionários, mas não deixará de fazer incursões comparativas com o papel de velhos e novos media na actualidade nacional e internacional".

Aqui fica uma breve biografia de Adelino Gomes retirada da wikipédia:

 

"Adelino Clemente Gomes (Marrazes, 10 de Agosto de 1944) é um jornalista português.

Estudou Filosofia e Direito na Universidade de Lisboa mas deixou os estudos para se dedicar ao jornalismo. Na rádio foi locutor da Rádio Clube Português e da Rádio Renascença, director de informação e realizador de programas na Radiofusão Portuguesa. Na televisão foi repórter da RTP em 1975, tendo acompanhado acontecimentos como o 11 de Março de 1975, o início da guerra civil em Angola e a guerra civil em Timor. Retomou esse dossier, no Público, jornal que ajudou a fundar, em 1989, e do qual foi director-adjunto e redactor-principal. É co-autor do disco O dia 25 de Abril (duplo álbum com a reportagem sobre a revolução) e dos livros Portugal 2020 (1998), O 25 de Abril de 1974 — 76 fotografias e um retrato (1999), Carlos Gil - um fotógrafo na revolução (2004), As flores nascem na prisão, Timor-Leste - ano 1 (2004) e co-autor de Os dias loucos do PREC (2006). Desempenhou o cargo de Provedor do Ouvinte da RDP (2008-2010) sucedendo a José Nuno Martins.

Leccionou na Escola Superior de Comunicação Social de Lisboa (1975-1981), na Escola Superior de Jornalismo do Porto (1986) e na Universidade Autónoma de Lisboa (1992-2002), foi formador no CENJOR - Centro de Formação Protocolar para Jornalistas e coordenou o Curso de Formação de Jornalistas e Animadores de Emissão da TSF".


 

Rabiscado por Lígia Laginha às 10:44 link do post | Comentar | Marafações predilectas